Apagar e Acender a Luz Não Queima a Lâmpada

- Nilo, dá para tirar o dedo do interruptor? Isso aqui não é boate não menino, vai acabar queimando essa luz.

Faz tempo, mas daquelas verdade indiscutíveis de meus dias hiperativos, essa é uma daquelas que hoje posso rebater com toda certeza:

Apagar e acender a luz não queima lâmpada alguma! Pelo menos não a do corpo humano. Pelo contrário, lhe ajuda a queimar gordura, acelera o metabolismo e faz o custo benefício de cada minuto de exercício subir ainda mais.


Mas que lâmpada é essa a que me refiro? Apenas uma maneira figurada de entender nossa capacidade de gerar potência. Assim como uma lâmpada que consome mais energia de acordo com a intensidade de sua luz, o corpo humano também consome mais energia de acordo com a intensidade da atividade física que exercemos.

E fato é que entre manter nossa lâmpada acesa com a luz bem suave por várias horas e deixá-la queimar com o máximo de incandescência possível ainda que por curtos períodos de tempo por repetidas vezes, é a segunda opção que se faz mais inteligente já que ela não é apenas segura, assim como muito eficaz e eficiente para todos aqueles que buscam recomposição corporal (menor porcentagem de gordura), maior definição, mais força, coração e pulmões a prova de balas e tornar-se uma máquina destruidora de calorias (tipo queimar aquele 1kg de manteiga de amendoim com cacau e mel que acabei de comer com uma dúzia de bananas).

Levando em conta não só os benefícios já citados, assim como a vantagem de gastar menos horas ao dia tentando reverter os pecados do engorda você melhora as chances de viver longe do colesterol elevado e diabetes tipo 2.

Acender e apagar a lâmpada em nossa atividade física seria transformar aquela uma hora de caminhada em um treino até mais curto em que o atleta alterna entre caminhada e corrida, ou até mesmo duas velocidades de caminhada (uma em que se descansa, outra em que caminhamos na velocidade do Forrest Gump). A prática de intervalos de alta intensidade traz benefícios não só na corrida, musculação e outras modalidades físicas assim como na programação de dietas que variam o consumo energético de acordo com o dia da semana; na prática do jejum intermitente (excelente artigo do Nilogia sobre isso) e até mesmo nos estudos e leitura (alterne livros e assuntos).


Para aqueles que se sentirem inspirados e querem experimentar um treino diferente de alta intensidade e intervalado que também dá a chance de contrariar os dizeres de nossas queridas mães, deixo um presente do Nilogia Fitness:

10 rounds por tempo:
200 m corrida
5 Burpees
1 minuto caminhando

NOTA: Consulte um médico antes de iniciar qualquer atividade física. Hipertensos por exemplo, e pessoas que sofrem de outras doenças relacionadas ao coração poderiam iniciar ou manter a prática de atividades mais brandas caso a prática de exercícios intervalados de alta intensidade se apresente como um fator de risco.

Força e Seja Como For, Mantenha Sim a Lâmpada Acesa.