Cinco Comidas Saudáveis que vão te Matar e te Deixar Sem Grana


Nilogia com título extremista, certo?! Sim, mas quando começar a ler vai entender que não é "matar" literalmente (até que dá), mas sim, atrasar seus resultados e te afastar de outras opções que poderiam ser muito mais funcionais para saúde, longevidade e saciedade.

Se colocar esse artigo em prática, obterá novos resultados que vão lhe deixar orgulhoso, além de lhe proporcionar um novo patamar em seu nível de Fitness Físico e Financeiro.

Considero o Fitness Físico como algo que se refere ao nosso condicionamento físico e bem estar em geral, e que deve ser alcançado através de Exercício, Nutrição e Desintoxicação de tudo o que não seja necessário ou que esteja nos fazendo mal de alguma maneira; quando faço referência a Fitness Financeiro, me refiro a saúde de nossos bolsos em geral.

A cada dia somos bombardeados por uma tonelada de informação, sites, revistas, suplementos, medicamentos, acessórios, máquinas e academias que prometem resultados revolucionários, mas ainda assim, vivemos em uma sociedade que a cada ano se encontra mais fora de forma, 80% de nossa população mundial de adolescentes é fisicamente inativa (WHO, 2017).

As estatísticas estão na internet para quem quiser verificar. A Indústria enriquece  (THE WORLD BANK, 2017) e nós ficamos cada vez mais doentes e dependentes dela . Doenças não-transmissíveis como as doenças cardíacas, os derrames, a diabetes e o câncer, agora compõem dois terços de todas as mortes no mundo, devido ao envelhecimento da população e à propagação de fatores de risco associados à globalização e à urbanização (WHO, 2011).

Um planeta onde enquanto muitos morrem por falta de direitos básicos, outros muitos vivem em casas, onde potes de suplementos se aglomeram nas cozinhas e quantidades poderosas de gordura e estresse se armazenam no interior de suas calças.

Quem acompanha o Nilogia Fitness desde a Lição #1 conhece minha opinião sobre a importância de se manter longe dos produtos processados, mas hoje, vou apontar cinco alimentos que todos deveríamos manter fora do alcance.


Apesar de serem vendidos como saudáveis, esses alimentos, por serem processados, apresentam quantidades significantes de gordura, açúcar, sal e aditivos químicos (como realçadores de sabor, espessantes, estabilizantes e conservantes) que quando EM EXCESSO podem fazer mais mal do que bem. Vamos lá? Nilogia Fitness apresenta Cinco Comidas Saudáveis que vão te Matar e te Deixar Sem Grana:

Pão ou Macarrão Integral


Compartilhei uma foto de um café da manhã meu que levava pão integral; a mesma gerou uma recepção positiva e comentários como "nossa, 100% integral isso aí", acontece que o pão em si não é integral... Integral dá em árvore ou se multiplica quando você planta.

O pão integral, assim como o macarrão integral, é no máximo feito com alguma quantidade de farinha integral.

Quem ainda come grãos e cereais deveria notar que o pão integral não está muito distante do pão comum. Apesar de ter uma quantidade maior de fibras, ele ainda traz um valor muito alto de calorias e carboidratos por porção. Os carboidratos em excesso, por serem ainda em grande parte simples, são absorvidos muito rápido e o corpo quando não necessita dessa energia toda, acaba por armazená-la como gordura.

Sugestão: Coma pães, macarrão, doces, bolos, pizzas, etc. de vez em quando e substitua o macarrão integral ou pão integral do dia a dia por batata doce, aveia ou arroz integral, de preferência orgânicos.


Sucos de Fruta Em Geral (Não Só Os Industrializados)

Feitos em casa ou comprados no mercado, ambos possuem quantidade alta de açúcar, alto teor de calorias e pouca ou nenhuma fibra alimentar, afinal são apenas o suco da fruta. Os industrializados tendem a ser ainda piores, pois contêm aditivos e conservantes. Para quem optar pelos light ou diet, ainda pior, pois acabam se expondo ao risco de consumo excessivo de adoçantes artificias, substâncias conhecidas por aumentarem incidência de câncer em ratos (WEIHRAUCH, 2004), E síndrome metabólica e diabetes tipo 2 em humanos (MALIK et al., 2010). Gostoso, não é?

Sugestão: Beba suco quando realmente tiver vontade, mas dê sempre preferência a beber água e comer suas frutas. Escolha as orgânicas, menos doces, e quando possível com casca. A casca da manga por exemplo, tem um antioxidante similar ao resveratrol, aquele antioxidante do vinho, que ajuda inibindo a formação de novas células de gordura (TAING et. al., 2012).


Granola

Assim como o suco, preparada em casa ou proveniente do mercado ou loja de produtos naturais, é rica em açúcar, possui alto teor de calorias e quando industrializada é rica também em gorduras, que provenientes de fontes boas ou não, somadas aos cereais, açúcar das frutas secas e outros ingredientes atua no ganho de peso por ser muito rica em energia. 

Sugestão: Substitua por aveia pura mesclada com sementes, castanhas e frutas picadas de sua preferência. Deixe a granola açucarada para a sobremesa e aquele açaí mentiroso cheio de xarope de glicose que você chama de "xarope de guaraná". O mesmo açaí, que se duvidar, tem mais açaí na foto da embalagem do que no conteúdo.


Leite

Quando mais novo, aprendi que devo beber leite para ter ossos fortes e livres de osteoporose, porém com o passar dos anos, comecei a questionar tudo e descobri fatos absurdos sobre o mesmo:

O Homem é o único ser vivo que se julga dependente do leite de um outro animal a fim de sobreviver.


Um detalhe insano que provavelmente passou despercebido por você até hoje.

Você beberia o leite de sua irmã, esposa ou amiga que acabou de ter filhos? Bem, imagino que sua resposta seja não, a mesma que os bois e vacas provavelmente dariam se pudessem falar.

Por falar em bois e vacas, já reparou que mamíferos em seu habitat natural não bebem leite? E por conta própria também não tomam cálcio, mais vitamina D como suplemento quando chegam a idade avançada.

Ainda que existam estudos que apontem que algum consumo de leite tem efeito positivo no fortalecimento e aumento de densidade óssea (WADOLOWSKA et al., 2013), outros mostram que apenas um terço do cálcio do leite é absorvido pelo corpo humano, enquanto uma porção de hortaliças verde-escuras, como o brócolis e espinafre, acompanhada de uma porção de alguma fruta cítrica como limão ou laranja (MAHDI, et al., 2015).

Acontece que o leite, apesar de oferecer possíveis benefícios por conta do cálcio, é rico em fósforo, que em excesso torna necessário o uso do cálcio que já possuímos em nossos ossos para neutralizar o efeito ácido e o desequilíbrio entre esses dois elementos no corpo humano (MAHDI, et al., 2015).

Abaixo começa uma conclusão para os super analíticos, descrentes, e investigadores. Pule para o próximo parágrafo, caso já esteja convencido de que o leite por si só não faz milagre algum:

Portanto, mesmo que os produtos lácteos, como o leite, ofereçam cálcio, o efeito ácido de uma ingestão excessiva de proteína dentro do corpo humano ao consumir grandes quantidades de leite, destinado na verdade a atender às necessidades dos bezerrinhos em rápido crescimento contribui para uma queda em nosso pH, o que desliga a ação dos osteoblastos para absorver o cálcio do leite.

O consumo excessivo de leite e outros produtos de origem animal está inclusive associado em muitos momentos a aumento de mortalidade, envelhecimento precoce e... AUMENTO DE FRATURAS?! (MICHAELSSON et al., 2014).

E daí vem o motivo principal para questionar se deveríamos beber leite, o leite que bebemos atualmente não passa de mais uma alimento processado, refinado e industrializado, e mesmo que viesse das vaquinhas direto para nossas casas, o valor nutritivo do mesmo está longe do que poderia ser. Vacas felizes, soltas em pasto, livre de medicamentos, não só são mais saudáveis como produzem um leite ainda melhor (WAVER et al., 2016).

Lembremos que nosso leite, além de quantidades significantes de hormônios naturais, vem hoje cheio de outras aditivos, como hormônios de crescimento para os bois, traços de antibióticos, estabilizantes, sódio e longe de ser natural devido ao processo de pasteurização que visa matar bactérias, mas acaba destruindo também enzimas necessárias para digestão mais apropriada do mesmo. Hormônios no leite? Apenas uma das explicações para meninas e meninos alcançarem a puberdade cada vez mais cedo.

Sugestão: Elimine ou diminua o consumo; ou ao menos troque por uma versão orgânica. Se está preocupado com seu consumo de cálcio, dê mais espaço para brócolis, feijões, frutas, espinafre e couve, que são fontes excelentes de cálcio.


Frios

Sinceramente, me recuso a ter que buscar qualquer artigo científico para provar que o peito de peru e salsicha de "frango" que você consome não fazem nem um pouco bem. Se consumir um pedaço morto de carne processada, moída, reestruturada e embalada em plástico é algo que você ainda cogita ser saudável, pare por aqui, faça alguns burpees, refresque a cabeça e pense novamente.

Frios são ricos em sal, gordura, açúcar, aditivos e conservantes como nitratos e nitritos, que consumidos em alta quantidade estimulam o crescimento de células cancerígenas.

Sugestão: Se é para comer carne, coma carne de verdade em todos os momentos, procurando opções amigas do meio ambiente, orgânicas ou ao menos que contenham baixo teor de gordura aparente.

Força. E Coma Mais Alimentos Felizes.