5 Benefícios da Arte de Voar Para Vida, Nutrição & Fitness e Como Começar Hoje Mesmo

Antes de tudo, um passo de cada vez. Para este tipo de voo que estou me referindo, você não precisa de asas, nem de um avião, não precisa de aulas particulares com o Ícaro, nenhum Dia de Princesa com o Cheech & Chong e nem mesmo um fornecimento vitalício de Red Bull.

Voar é uma prática que noto ser utilizada com frequência por pessoas bem sucedidas, sem dó nem piedade. Prática essa, que ao aperfeiçoarmos, pode melhorar nossos resultados em qualquer área de nossas vidas. Você pode usá-la para virar um monstro na academia, você pode usá-la para arremessar trolls, para tornar qualquer dieta mais fácil, para ficar rico, sustentar um casamento maravilhoso, ser o melhor pai ou mãe, melhorar sua vida sexual, se livrar da dependência de medicamentos, obter um corpo cheio de músculos sólidos, boa aparência ou simplesmente sobreviver ao Apocalipse.

Para tornar a idéia mais clara, gostaria de lhes apresentar um dos maiores voadores (além de meu amigo Jeferson Stefano) e fonte de inspiração que eu poderia usar para descrever a arte de voar:

No início da manhã, ele pula da cama, veste uma roupa qualquer, bebe um pouco de água e toma um banho de água fria. Sua mentalidade firme como uma rocha e ele já está pronto para correr distâncias tão longas, que parecem absurdas para qualquer ser humano. Uma ressalva: Fazem anos que ele corre e segue a mesma rotina com um freezer pesando 42kg preso a suas heróicas costas de cinquenta anos.

Ele é conhecido como Tony "Geladeira" Phoenix-Morrison, recordista mundial, atleta campeão de diversas modalidades de resistência extremas e corredor de ultramaratonas. Ele correu todo o comprimento da Grã-Bretanha em 40 dias, a Grande Corrida do Norte 30 vezes em 30 dias, 67,1 milhas em 24 horas, 44 milhas em 12 horas em uma esteira e e mais de 50 maratonas e meia maratonas, cobrindo mais de 2.400 milhas... Carregando uma geladeira! Uma geladeira!

Tony começou a fazer isso como uma aposta, mas logo se transformou em uma missão que faz qualquer maratona convencional parecer mais uma corrida no parque. Motivo? Ele faz isso por aqueles que carregam o que ele vê como maiores fardos, nesse caso, vítimas do câncer para quem ele levanta fundos. Como ele consegue? Ele nunca conta apenas com sua própria força. Ele segue motivado pelo apoio da comunidade, formada por médicos, atletas, pacientes, curiosos, patriotas, fãs, amigos e família. Sua dedicação a eles não deixa escolha. Quando ele está correndo, Tony raramente pensa além do próximo passo, afinal de contas, não há necessidade... Ele definitivamente sabe voar.

Então, o que é voar e como podemos aprender a arte? Voar é diferente de viver com um propósito. Você pode até ter disposição para se dedicar a alguma meta especifica (e tenho certeza que o nosso amigo Tony tem), mas ainda assim, isso não quer dizer que você saiba voar ao enfrentar seus próprios monstros ou correr atrás de seus próprios objetivos.

Pessoas que fazem trabalhos voluntários, recordistas, atletas, bombeiros, professores, políticos, artistas, pastores, músicos, bancários, médicos, todos eles vivem por um propósito ou paixão de alguma forma. Todos nós, independente do caminho que escolhemos, somos guiados por uma chama que nos move.

Fazemos algo, a fim de alcançar algo, e as razões para tal, por vezes são mais fáceis de identificar em alguns casos do que em outros. Os motivos são vários, bem como os propósitos de cada um. Às vezes, um objetivo não é sequer necessário para revelar nosso empenho em relação a uma determinada busca.

Todos nós experienciamos algum nível de foco e propósito, mas voar vai além disso. Trata-se de enfrentar a dor, quando seu corpo grita para não ir em frente. Trata-se de pessoas meditando no gelo. Homens andando sobre brasas. Monges que jejuam por dias. Trata-se de prender a respiração debaixo d'água por mais tempo do que você jamais poderia imaginar. Ou até mesmo arrancar com as próprias mãos um rato nojento da boca de um cão feroz sem pensar duas vezes, porque você ama animais e há uma chance do já morto Stuart Little, preso alí entre as mandíbulas do canino, estar envenenado*. Voar está na arte de calar a voz interior, a fim de alcançar resultados maiores.

Então, aqui estão cinco benefícios de voar para a sua Vida, Nutrição e Fitness:

1) Voe Nos Exercícios Físicos. Qualquer que seja a atividade de sua preferência, uma vez iniciada, concentre-se em sua execução e nada mais. Desligue seu telefone celular, pare com as Selfies de Instagram, dos mesmos criadores de Eu Gostoso/Eu Gostosa na Academia, no Elevador Indo para Academia e Trincado em Casa Após Academia. Uma vez trabalhando contra o relógio, contra uma distância específica, cargas pré selecionadas ou determinado número de repetições em seus treinos, foque-se antes de iniciar o desafio, uma vez iniciado concentre-se apenas em manter um ritmo constante e voar até o fim. Esvazie a sua mente o tanto quanto possível de preocupações externas.

2) Voe durante o sexo. Eu não estou sugerindo que você pense em outra pessoa, pense em algo diferente, ou voe até o fim o mais rápido possível. No entanto, estudos mostram que a maioria dos problemas relacionados ao sexo para homens e mulheres, incluindo as ereções fracas, falta de libido, ejaculação precoce, dificuldades em atingir o orgasmo, são todos relacionados ao estresse. Mantenha o estresse longe de sua vida sexual, ouça o seu corpo, viva o momento, deixe as sensações falarem por si e você será capaz de ter momentos mais felizes e duradouros com seu parceiro ou parceira. E pare de assistir vídeos pornográficos.

3) Voe Enquanto Trabalha. Existe uma história que nos fala sobre três homens em uma construção. Uma vez indagados sobre o que eles estam fazendo, eles dão respostas bem diferentes. O primeiro responde que como se vê, está trabalhando com cimento e tijolos. O segundo diz que está construindo um muro, mas o terceiro vai além, ele diz estar dando à luz não só a um edifício, mas a um Império. Ele está construindo uma escola, onde todos os jovens locais terão a chance de estudar a fim de se tornarem pessoas bem sucedidas no futuro. Ignore o peso das vídeo conferências incessantes que a empresa empurra todos os dias, o chefe horrível que você tem, aquela ordinária que sai com o supervisor só para ganhar um aumento, o engarrafamento, os milhões de focos para essa semana. Concentre-se em voar na direção de suas metas e objetivos pessoais. E sim, se o seu trabalho só lhe traz aborrecimento, está na hora de considerar uma mudança!

4) Voe Quando a Verba Estiver Limitada ou Ao Economizar Dinheiro. Quando eu era criança, minha mãe me levava para caminhar pela praia nos fins de semana e eu sempre insistia para que ela me pagasse um passeio naqueles mini carros infantis movidos a bateria. Fato é que eles eram (e estou certo de que ainda são) absurdamente caros. Minha mãe sempre dizia que da próxima vez ela iria trazer dinheiro o suficiente, e daí na próxima vez ela repetiria em um tom doce: - Da próxima vez, da próxima vez... Anos se passaram e quando eu já era um adolescente, ela me fez um convite: - Veja filho, um daqueles brinquedos que você gosta, quer dar uma volta? Eu a respondi como se fosse a coisa mais óbvia do mundo: - Claro que não! Eu na minha idade, em um brinquedo para crianças? Sério? Mãe, minhas pernas nem sequer caberiam alí dentro! Tem situações em que ao invés de dizer não, basta dizer outro dia, pois além de não estar mentindo, você evita muitos conflitos, . A mesma saída de mestre ao lidar com crianças, pode ser usada para todos os nossos desejos. Sempre que pensar em coisas que você deseja ter ou comprar, mas que no momento estão fora de seu alcance, não enfatize para si mesmo que agora você não pode, mude o foco para o que você pode e para o que alcançou até agora. Considere também que a compra de supérfluos por impulso lhe afasta de adquirir bens de maior valor. Aprenda a dizer para si mesmo "talvez amanhã", "volto amanhã", "eu vou pensar sobre isso" e você terá mais tempo para perceber que podemos viver com muito menos do que julgamos necessário. Voe até mesmo ao recusar o jantar e os convites de festas, dizendo "obrigado, mas não poderei ir, estou trabalhando na construção de meu Império essa noite e amanhã de manhã", talvez seus amigos até pensem que você está louco, mas pelo menos funciona melhor para a nossa consciência e motivação do que dizer "eu não tenho dinheiro" ou "eu não posso gastar".

5) Voe na dieta. Nada melhor do que o primeiro dia da dieta nova! Todos os clientes que tive até hoje, sem exceção, estam sempre motivados no início de um plano novo e depois, quando a realidade finalmente os atinge e o corpo entende que há uma mudança no consumo de energia (calorias), a dieta vira um problema que cria uma média de 80% de desistentes. O Devorador de Carboidratos Zero se transforma em Serial Killer de Lasanha. O Vegano, em Voraz Zumbi do Walking Dead. O Projeto Grande Igual ao Hulk vira Minha Experiência Como Um Palito de Dentes. Sendo assim, a fim de voar em qualquer dieta, você deve cumpri-la e ser consistente. Descubra antes de iniciar a dieta por qual razão você quer segui-la; por quanto tempo fará a dieta; o que você vai comer; quais são seus objetivos; o porquê desses objetivos; avalie se a dieta escolhida é acessível para você e analise sua composição corporal. Tudo torna a arte de voar mais fácil, por isso, procure a ajuda de um profissional e economize tempo. Uma vez que lembre de todas as dicas, basta voar! Sentiu vontade de comer algo extra ou o que não está no plano? Basta voar! Beba água, mude o foco para outra atividade, durma, trabalhe, estude. Voe para os resultados no fim do arco-íris, seja bonzinho, e você poderá encontrar um unicórnio ou um pote de ouro.

Força. E voe.