Pular para o conteúdo principal

Uma Visão Sobre Escolhas Alimentares & Atividade Física em Tempos de Fim do Mundo

Preferi esperar a poeira baixar, dar tempo de nos adaptarmos a nova realidade em relação a pandemia com a qual ainda estamos lidando, antes de trazer alguns pontos que podem servir de verdadeiras pérolas para todos nós, tanto onívoros (aqueles que comem de tudo), quanto vegetarianos (aqueles que restringem parcialmente ou completamente o consumo de produtos de origem animal). De fato, não imaginei que passaríamos por isso;  já demos adeus a mais de um milhão de vidas (e subindo...) ( WORLDOMETERS, 2020 ) por conta de um vírus que tende a ser ainda mais perigoso quando infecta portadores de doenças crônicas como diabetes e hipertensão, asma, assim como obesos e indivíduos acima de 60 anos ( CENTRO DE CONTROLE E PREVENÇÃO DE DOENÇAS, 2020 ). Nos escondemos atrás de máscaras e litros de álcool em gel, mas sem nós dar conta de que através do desenvolvimento de Fitness (Hábitos Saudáveis, Educação Física e Nutrição), poderíamos prevenir não só as chances de termos graves complicações ao li

Health Benefits of Choosing "Organic" and What "Natural" Means

As a consumer, by the first sight, the price tag of organic products might look always higher than processed food. However, understanding what you are paying for, helps on looking at the higher prices in a different way, you may start worrying less about present expenses and a little bit more about what you would be saving in the future by going organic.



What Does "Organic" Mean?

The word "organic" refers to the way farmers grow and process agricultural products, such as fruits, grains, veggies, dairy and meat. Organic farming is designed to encourage soil and water conservation and reduce pollution. Examples of organic farming practices include using natural fertilizers to feed soil and plants, and using crop rotation or mulch to manage the presence of weeds.

Organic products must be free of antibiotics, artificial growth hormones, high fructose corn syrup, artificial dyes, sweeteners, synthetically created chemical pesticide and fertilizers, genetically engineered proteins and ingredients, sewage sludge and irradiation.

Basically, we could say that nowadays eating "organic food" is what our grandmothers would call eating "food". A lot of these practices did not exist when we were younger and were introduced into our foods in the last few decades.



Is "Organic" and "Natural" the Same?

"Natural" can mean any number of different things depending on where you are. "Natural Foods" are often assumed to be foods that are minimally processed and do not contain any hormones, antibiotics or artificial flavors, still it does not mean much. Examples would be: fruit juices, whole wheat products, gluten free foods, oils, refined sugar substitutes, breakfast cereals, low fat or fat free pasteurized milk, all of them may say natural, but still, not organic.



Should We Choose Organic?

Taking in consideration our health and planet sustainability, yes, we should all prioritize organic choices. Still, it does not mean that eating 100% organic would be enough to represent a balanced unprocessed nutritious diet which could attend our individual daily caloric needs as well. Eating 2 kg of organic broccoli a day, or drinking a gallon of organic coconut oil, swimming in a pool of organic brown sugar, bananas and cinnamon or feeding on pounds and pounds of organic grass fed beef are all extreme examples of unbalanced diets. For that, make sure you count on a specialist in fitness nutrition, certified dietitian or nutritionist to help you on achieving your personal goals.

Keep Strong.

Postagens mais visitadas deste blog

Passei 1 Mês Comendo 1 Refeição Ao Dia

Janeiro de 2017, acabara de me mudar para uma nova casa. Segui curtindo meu novo emprego (trabalho também como modelo em uma empresa de ecommerce ) e super motivado a tentar algo novo, muito diferente do que simplesmente cortar alimentos refinados como vimos no artigo anterior . A ideia era contrariar uma das estratégias mais eficazes e básicas que você vai ouvir ao visitar um nutricionista: Coma de três em três horas. Os motivos para se comer assim são realmente eficazes e incluem: 1) Níveis de energia mais controlados devido à distribuição de açúcar constante e nutrição adequada durante todos os momentos do dia. 2) Menos fome repentina e desejo de comer besteiras monstruosamente; também devido ao açúcar controlado. 3) Maior chance de aproveitamento de tudo o que ingerimos e consequentemente melhor digestão. 4) Diminuição de catabolismo muscular (dano e possível perda de massa magra). 5) Você come menos, de maneira mais controlada e acelera seu metabolis

Meu Primeiro Ciclo Anabolizante

O que você precisa saber antes de ler esse artigo: 1) Não vai ter "para, para, para" do João Cléber. 2) A venda de anabolizantes e suplementos alimentares estrangeiros sem registro na Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e sem informações de rotulagem em português é crime contra a saúde pública. 3) Por outro lado, a venda e prescrição de determinadas substâncias anabolizantes no Brasil não é ilegal desde que prescrita pelo devido médico. Segue o artigo: Art. 1o A dispensação ou a venda de medicamentos do grupo terapêutico dos esteroides ou peptídeos anabolizantes para uso humano estarão restritas à apresentação e retenção, pela farmácia ou drogaria, da cópia carbonada de receita emitida por médico ou dentista devidamente registrados nos respectivos conselhos profissionais.   ( PLANALTO, 2000 ) Com uma observação: Mesmo respeitando a lei, ou com a prescrição de um médico, tomar anabolizantes, seja para reposição ou para correção do nív

Apagar e Acender a Luz Não Queima a Lâmpada

- Nilo, dá para tirar o dedo do interruptor? Isso aqui não é boate não menino, vai acabar queimando essa luz. Faz tempo, mas daquelas verdade indiscutíveis de meus dias hiperativos, essa é uma daquelas que hoje posso rebater com toda certeza: Apagar e acender a luz não queima lâmpada alguma! Pelo menos não a do corpo humano. Pelo contrário, lhe ajuda a queimar gordura, acelera o metabolismo e faz o custo benefício de cada minuto de exercício subir ainda mais. Mas que lâmpada é essa a que me refiro? Apenas uma maneira figurada de entender nossa capacidade de gerar potência. Assim como uma lâmpada que consome mais energia de acordo com a intensidade de sua luz, o corpo humano também consome mais energia de acordo com a intensidade da atividade física que exercemos. E fato é que entre manter nossa lâmpada acesa com a luz bem suave por várias horas e deixá-la queimar com o máximo de incandescência possível ainda que por curtos períodos de tempo por repetidas vezes, é a segunda o