Pular para o conteúdo principal

Uma Visão Sobre Escolhas Alimentares & Atividade Física em Tempos de Fim do Mundo

Preferi esperar a poeira baixar, dar tempo de nos adaptarmos a nova realidade em relação a pandemia com a qual ainda estamos lidando, antes de trazer alguns pontos que podem servir de verdadeiras pérolas para todos nós, tanto onívoros (aqueles que comem de tudo), quanto vegetarianos (aqueles que restringem parcialmente ou completamente o consumo de produtos de origem animal). De fato, não imaginei que passaríamos por isso;  já demos adeus a mais de um milhão de vidas (e subindo...) ( WORLDOMETERS, 2020 ) por conta de um vírus que tende a ser ainda mais perigoso quando infecta portadores de doenças crônicas como diabetes e hipertensão, asma, assim como obesos e indivíduos acima de 60 anos ( CENTRO DE CONTROLE E PREVENÇÃO DE DOENÇAS, 2020 ). Nos escondemos atrás de máscaras e litros de álcool em gel, mas sem nós dar conta de que através do desenvolvimento de Fitness (Hábitos Saudáveis, Educação Física e Nutrição), poderíamos prevenir não só as chances de termos graves complicações ao li

Sobre Guerreiros Altamente Equipados, Suplementos & Acessórios Desnecessários

Hora de começar a missão. Luvas? Confirma. Caneleiras? Confirma. Sapatos? Confirma. Vestiário especial? Confirma. Protetor para o joelho? Confirma. RockTape? Confirma. Bandagem? Confirma. Sem ofensa para os Guerreiros Altamente Equipados por aí, mas às vezes eu me pergunto para o quê realmente estamos treinando.



Caminhe pela praia e você verá todos os tipos de Amantes de Fitness Altamente Equipados. Como treinador físico e também parte desse grupo, ainda que eu seja favorável a uma abordagem mais minimalista, eu sei como é boa aquela sensação de treinar com peças e acessórios novos: fones de ouvido de qualidade, aquela blusa de lycra do seu super-herói favorito (bem... eu tenho as minhas), sapatos para levantamento olímpico, Vibrams (aquelas sapatilhas de dedo), um álbum de músicas recém lançadas, uma nova suplementação pré, intra ou pós treino, algumas meias de compressão, tênis novos, botas, camisas com estampas variadas dizendo o quão duro você treina e que seu treino é meu aquecimento (apenas para contrariar), bolsas de academia, shakers, você escolhe. Pense em algo e a Indústria provavelmente já terá inventado para nos oferecer.



Considerando que somos todos livres para tomar nossas próprias decisões, a Indústria de fato não é nossa inimiga. Nós é que decidimos o quão longe queremos chegar como consumidores e quão dependentes estamos dispostos a nos tornar. No entanto, estamos também tomando tempo o suficiente para refletir um pouco sobre tudo o que bebemos, vestimos, comemos e até mesmo representamos quando curtimos e compartilhamos imagens, logotipos e hashtags?

Poderíamos estender a natureza desse assunto para diversas áreas de nossas vida, mas como meu principal objetivo é encaminhar nossos visitantes a um nível mais elevado de Fitness, e considerando aumento de Fitness simplesmente como o aumento de nossa performance em diferentes domínios e variantes da vida (como no treinamento físico, no controle da ansiedade em relação a alimentação e atitudes em geral, no desenvolvimento de nossa habilidade de planejar, argumentar e lidar com lógica, na facilidade de gerenciar nossos bens financeiros...), eu gostaria de deixar algumas dicas eficazes para melhorar nossa Saúde e evitar situações como esta:

06:15 da manhã, o telefone está tocando, você se levanta para atendê-lo:

- Ei você, eu Hulk. Você ajuda Hulk agora, você levanta pedra em cima de Hulk e Hulk esmaga Ultron.

Daí você pausa e pensa sobre o cavalheiro verde lhe pedindo ajuda, e acaba por responder:

- Desculpe Hulk hoje é domingo, eu esqueci meus sapatos de levantamento de peso na academia e além do mais, eu não tenho luvas em minha bolsa. Será que poderia esperar aí até amanhã?




1) Livre-se de Tantos Salto-Altos e Sapatos em Geral. Encontre dois ou três pares que lhe auxiliem em todas as suas atividades diárias sem mascarar qualquer um dos seus pontos fracos. Sugiro aqueles que possam oferecer boa aderência, plataforma plana, menos amortecimento para que lhe aproximem o máximo possível da sensação de pés descalços sem deixar seus pés sujeitos a ferimentos e cortes. Não há tecnologia que até hoje tenha sido capaz de imitar os vários ossos, arcos, ligamentos, articulações e músculos que compõem os nossos pés, que também são tão únicos quanto nossos rostos e digitals. Pense duas vezes antes de colocar tanto dinheiro na compra de tantos. E em relação aos sapatos de levantamento olímpico, a menos que você esteja levantando o Hulk (duas vezes o seu peso corporal ou mais) com técnica perfeita, como treinador, eu não seria a favor do uso deles em nossas sessões.

2) Livre-se dos Repositores, Shakes & Energéticos. O corpo é 80% água. Assim sendo, beba ao menos 1 litro para cada 20 kg de peso corporal. Se você sua muito e treina por longas horas, aumente o consumo de água e planeje uma maior ingestão de alimentos ao longo do dia antes de optar por bebidas enriquecidas com proteínas, carboidratos, vitaminas e minerais. Quando ainda assim, tiver interesse em suplementação, conte com um profissional antes de colocar seu dinheiro em suplementos.



3) Arranque as Luvas, Bandagens, Protetores e Cintos. Você esta com as mãos feridas por fazer barras; utiliza joelheiras para não sentir o joelho quando agacha; usa um cinto para fazer o levantamento terra e não sentir a coluna, e daí vem me dizer que está treinado FUNCIONALMENTE??? Tudo bem então. Tenho uma amiga que já passou dos cem anos de idade e ela é tão funcional quanto você quando sai para passear com a ajuda de um andador de metal. A menos que esteja treinando para competir e sua forma nos exercícios seja quase que perfeita, juntar-se a esse clube não é sinónimo de Saúde e Bem-Estar.



4) Nada de Capas Térmicas Por Favor. Suar não significa que você está queimando mais calorias, apenas desidratando-se mais rápido. Um atleta de alto nível pode usar o método para chegar a classe de peso desejada, mas para a maioria de nós, o melhor conselho é se manter longe de capas térmicas (a menos que você realmente queira parecer uma beterraba embrulhada em papel alumínio).



5) Coma comida! Reconsidere todas as Cápsulas e Suplementos. Meus dias alguns anos atrás eram compostos de: colostro, beta-alanina, cartinina, extrato de chá verde, maca em pó, guaraná, Tribulus Terrestris, creatina, glucosamina, espressos, glutamina, BCAA, óleo de peixe, Super Greens, whey-protein, citrulina, caseína, Vitargo, dextrose, maltodextrina, Animal Packs, vitamina D, probióticos, resveratrol e ZMA. Aprendi que a menos que você entenda o básico sobre nutrição, balanço energético e necessidades pessoais de ingestão de macronutrientes e micronutrientes, nenhum desses suplementos faz sentido. Atualmente estou mais forte e saudável do que estive em toda minha vida e desta grande lista,  hoje sigo apenas com um suplemento de proteína (whey, a base de plantas, ou albumina), BCAA (principalmente para dias de jejum), creatina, chá verde e espressos (para diversão e pré treino) e óleo de peixe (para manter minhas articulações e sentidos parecidos com os do Homem-Aranha).



Em um mundo em que Fitness equivale a Bem-Estar tanto quanto a Negócios, sugiro assim, que não esqueçam do Bem-Estar Financeiro, aquele referente a saúde de nosso bolso. Força! E Menos Firulas pelo bem da Humanidade.

Postagens mais visitadas deste blog

Passei 1 Mês Comendo 1 Refeição Ao Dia

Janeiro de 2017, acabara de me mudar para uma nova casa. Segui curtindo meu novo emprego (trabalho também como modelo em uma empresa de ecommerce ) e super motivado a tentar algo novo, muito diferente do que simplesmente cortar alimentos refinados como vimos no artigo anterior . A ideia era contrariar uma das estratégias mais eficazes e básicas que você vai ouvir ao visitar um nutricionista: Coma de três em três horas. Os motivos para se comer assim são realmente eficazes e incluem: 1) Níveis de energia mais controlados devido à distribuição de açúcar constante e nutrição adequada durante todos os momentos do dia. 2) Menos fome repentina e desejo de comer besteiras monstruosamente; também devido ao açúcar controlado. 3) Maior chance de aproveitamento de tudo o que ingerimos e consequentemente melhor digestão. 4) Diminuição de catabolismo muscular (dano e possível perda de massa magra). 5) Você come menos, de maneira mais controlada e acelera seu metabolis

Meu Primeiro Ciclo Anabolizante

O que você precisa saber antes de ler esse artigo: 1) Não vai ter "para, para, para" do João Cléber. 2) A venda de anabolizantes e suplementos alimentares estrangeiros sem registro na Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e sem informações de rotulagem em português é crime contra a saúde pública. 3) Por outro lado, a venda e prescrição de determinadas substâncias anabolizantes no Brasil não é ilegal desde que prescrita pelo devido médico. Segue o artigo: Art. 1o A dispensação ou a venda de medicamentos do grupo terapêutico dos esteroides ou peptídeos anabolizantes para uso humano estarão restritas à apresentação e retenção, pela farmácia ou drogaria, da cópia carbonada de receita emitida por médico ou dentista devidamente registrados nos respectivos conselhos profissionais.   ( PLANALTO, 2000 ) Com uma observação: Mesmo respeitando a lei, ou com a prescrição de um médico, tomar anabolizantes, seja para reposição ou para correção do nív

Apagar e Acender a Luz Não Queima a Lâmpada

- Nilo, dá para tirar o dedo do interruptor? Isso aqui não é boate não menino, vai acabar queimando essa luz. Faz tempo, mas daquelas verdade indiscutíveis de meus dias hiperativos, essa é uma daquelas que hoje posso rebater com toda certeza: Apagar e acender a luz não queima lâmpada alguma! Pelo menos não a do corpo humano. Pelo contrário, lhe ajuda a queimar gordura, acelera o metabolismo e faz o custo benefício de cada minuto de exercício subir ainda mais. Mas que lâmpada é essa a que me refiro? Apenas uma maneira figurada de entender nossa capacidade de gerar potência. Assim como uma lâmpada que consome mais energia de acordo com a intensidade de sua luz, o corpo humano também consome mais energia de acordo com a intensidade da atividade física que exercemos. E fato é que entre manter nossa lâmpada acesa com a luz bem suave por várias horas e deixá-la queimar com o máximo de incandescência possível ainda que por curtos períodos de tempo por repetidas vezes, é a segunda o