Pular para o conteúdo principal

Uma Visão Sobre Escolhas Alimentares & Atividade Física em Tempos de Fim do Mundo

Preferi esperar a poeira baixar, dar tempo de nos adaptarmos a nova realidade em relação a pandemia com a qual ainda estamos lidando, antes de trazer alguns pontos que podem servir de verdadeiras pérolas para todos nós, tanto onívoros (aqueles que comem de tudo), quanto vegetarianos (aqueles que restringem parcialmente ou completamente o consumo de produtos de origem animal). De fato, não imaginei que passaríamos por isso;  já demos adeus a mais de um milhão de vidas (e subindo...) ( WORLDOMETERS, 2020 ) por conta de um vírus que tende a ser ainda mais perigoso quando infecta portadores de doenças crônicas como diabetes e hipertensão, asma, assim como obesos e indivíduos acima de 60 anos ( CENTRO DE CONTROLE E PREVENÇÃO DE DOENÇAS, 2020 ). Nos escondemos atrás de máscaras e litros de álcool em gel, mas sem nós dar conta de que através do desenvolvimento de Fitness (Hábitos Saudáveis, Educação Física e Nutrição), poderíamos prevenir não só as chances de termos graves complicações ao li

Turning the Light Bulb On and Off Doesn't Burn It at All

- Nilo, can you take your hand off the switch please? You are not in a nightclub boy, you will end up burning this light.

It's been a long time since then, but from those indisputable truths from my hyperactive days, this is one that makes me strongly hold to a different point of view:

Turning the light bulb on and off doesn't burn it at all! At least not the human body's. On the contrary, it helps you burn fat, it accelerates your metabolism and it makes better use of every minute that you have been dedicating to exercising.


But what light bulb is this one that I am referring to? Only a figurative way of understanding our ability to generate power. Like a light bulb that consumes more energy accordingly to the intensity of its light, the human body also consumes more energy accordingly to the intensity of the physical activities we chose.

And the fact is that between keeping our lamp burning with a very soft light for several hours and letting it burn with the possible maximum glow even for short periods of time over and over again; it is the second option that represents the most advantageous since it is not only safe, as well as very effective and efficient for all of those aiming body recomposition (lower body fat percentage), higher definition, increased strength, bulletproof heart and lungs and become a calorie destroyer machine (enough destruction to get rid of those 2 lbs of peanut butter that I have just devoured after mixing it with cocoa powder, honey and a dozen bananas).

Considering not only the benefits mentioned above, as well as the advantage of spending less hours a day trying to reverse the sins of "fattening", you improve your chances of living a life free from high cholesterol and type 2 diabetes.

Turning the light on and off in the physical activity would be the same of turning that one hour walk in an even shorter workout in which the athlete alternates between walking and running, or even two walking speeds (one in which he rests, one in which he walks inspired by Forrest Gump). The practice of high intensity intervals brings benefits not only to running, weight training and other physical activities as well as in programming diets which vary calorie intake based on the days of the week; in the practice of intermittent fasting and even when studying and reading (switching over between books and subjects).


For those who feel inspired to try a high-intensity interval training workout and at the same time get the chance to contradict our dear mothers' unquestionable truths, here is an exclusive Nilogia Fitness challenge:

10 rounds per time:
200 m sprint
5 Burpees
1 minute walking

NOTE: Consult a physician before starting any physical activity. Hypertensives for example, as well as any other fitness enthusiast suffering from other chronicle diseases could initiate or maintain the practice of milder activities if the practice of high-intensity interval workouts presents itself as a major risk factor.

Keep Strong and No Matter How, Keep the Bright Light On.

Postagens mais visitadas deste blog

Passei 1 Mês Comendo 1 Refeição Ao Dia

Janeiro de 2017, acabara de me mudar para uma nova casa. Segui curtindo meu novo emprego (trabalho também como modelo em uma empresa de ecommerce ) e super motivado a tentar algo novo, muito diferente do que simplesmente cortar alimentos refinados como vimos no artigo anterior . A ideia era contrariar uma das estratégias mais eficazes e básicas que você vai ouvir ao visitar um nutricionista: Coma de três em três horas. Os motivos para se comer assim são realmente eficazes e incluem: 1) Níveis de energia mais controlados devido à distribuição de açúcar constante e nutrição adequada durante todos os momentos do dia. 2) Menos fome repentina e desejo de comer besteiras monstruosamente; também devido ao açúcar controlado. 3) Maior chance de aproveitamento de tudo o que ingerimos e consequentemente melhor digestão. 4) Diminuição de catabolismo muscular (dano e possível perda de massa magra). 5) Você come menos, de maneira mais controlada e acelera seu metabolis

Meu Primeiro Ciclo Anabolizante

O que você precisa saber antes de ler esse artigo: 1) Não vai ter "para, para, para" do João Cléber. 2) A venda de anabolizantes e suplementos alimentares estrangeiros sem registro na Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e sem informações de rotulagem em português é crime contra a saúde pública. 3) Por outro lado, a venda e prescrição de determinadas substâncias anabolizantes no Brasil não é ilegal desde que prescrita pelo devido médico. Segue o artigo: Art. 1o A dispensação ou a venda de medicamentos do grupo terapêutico dos esteroides ou peptídeos anabolizantes para uso humano estarão restritas à apresentação e retenção, pela farmácia ou drogaria, da cópia carbonada de receita emitida por médico ou dentista devidamente registrados nos respectivos conselhos profissionais.   ( PLANALTO, 2000 ) Com uma observação: Mesmo respeitando a lei, ou com a prescrição de um médico, tomar anabolizantes, seja para reposição ou para correção do nív

Apagar e Acender a Luz Não Queima a Lâmpada

- Nilo, dá para tirar o dedo do interruptor? Isso aqui não é boate não menino, vai acabar queimando essa luz. Faz tempo, mas daquelas verdade indiscutíveis de meus dias hiperativos, essa é uma daquelas que hoje posso rebater com toda certeza: Apagar e acender a luz não queima lâmpada alguma! Pelo menos não a do corpo humano. Pelo contrário, lhe ajuda a queimar gordura, acelera o metabolismo e faz o custo benefício de cada minuto de exercício subir ainda mais. Mas que lâmpada é essa a que me refiro? Apenas uma maneira figurada de entender nossa capacidade de gerar potência. Assim como uma lâmpada que consome mais energia de acordo com a intensidade de sua luz, o corpo humano também consome mais energia de acordo com a intensidade da atividade física que exercemos. E fato é que entre manter nossa lâmpada acesa com a luz bem suave por várias horas e deixá-la queimar com o máximo de incandescência possível ainda que por curtos períodos de tempo por repetidas vezes, é a segunda o