Pular para o conteúdo principal

Uma Visão Sobre Escolhas Alimentares & Atividade Física em Tempos de Fim do Mundo

Preferi esperar a poeira baixar, dar tempo de nos adaptarmos a nova realidade em relação a pandemia com a qual ainda estamos lidando, antes de trazer alguns pontos que podem servir de verdadeiras pérolas para todos nós, tanto onívoros (aqueles que comem de tudo), quanto vegetarianos (aqueles que restringem parcialmente ou completamente o consumo de produtos de origem animal). De fato, não imaginei que passaríamos por isso;  já demos adeus a mais de um milhão de vidas (e subindo...) ( WORLDOMETERS, 2020 ) por conta de um vírus que tende a ser ainda mais perigoso quando infecta portadores de doenças crônicas como diabetes e hipertensão, asma, assim como obesos e indivíduos acima de 60 anos ( CENTRO DE CONTROLE E PREVENÇÃO DE DOENÇAS, 2020 ). Nos escondemos atrás de máscaras e litros de álcool em gel, mas sem nós dar conta de que através do desenvolvimento de Fitness (Hábitos Saudáveis, Educação Física e Nutrição), poderíamos prevenir não só as chances de termos graves complicações ao li

Um História Para Crianças Que Todos Precisam Ler


Esta definitivamente é uma história para crianças que todos os adultos precisam ler. Fala diretamente sobre bebês e o que consideramos certo dar-lhes de comer. Trata-se de um mundo cheio de produtos e marcas enriquecidas com vitaminas, livres de gordura e agora com mais cálcio.

Ainda assim, aqui está a grande questão: grande parte desses simpáticos "alimentos" representam escolhas e comportamentos que vão fazer parte da vida diária de nossas próximas gerações. Pais, amigos, parentes, vizinhos e principalmente avós (como há muitos dispostos a mimar seu amados netos), todos devem estar cientes de que dando a seus bebês, bebidas açucaradas ou qualquer comida salgada aleatória que apreciamos é realmente uma forma de moldar a percepção de nossos filhos em relação ao que é bom... E o que é fora do normal de bom!


Não se trata apenas de um pouco de sorvete ou leite achocolatado, e sim de estimular nos pequenos a percepção dos primeiros sinais de que a nutrição ultra-saborosa-artificial-colorida-cremosa-crocante é mil vezes mais agradável do que qualquer papinha caseira.

A Indústria dos Alimentos se esforça para fazer nossa comida durar mais tempo, bem como torná-la uma fonte mais ampla de lucros. A fim de fazer isso, eles estão estudando e melhorando ingredientes de tal forma que os consumidores e as nossas crianças (futuros escravos, quero dizer, futuros consumidores) querem comer mais e mais do que quer que seja.

A Indústria não só está mudando, mas também nos ensinando o que devemos comer. Isso pode ser feito através da publicidade direta, mas principalmente de forma passiva através de nossa educação.

Tudo acontece em nossos primeiros anos de experiência de vida: quando começamos a relacionar almoços de domingo com sobremesas, aniversários com bolos, Páscoa com chocolate, Natal com panetone e hambúrgueres com palhaços.


E mesmo que proibir o consumo não seja e provavelmente nunca tenha sido uma solução para manter alguém longe dessas guloseimas, adultos definitivamente desempenham um grande papel na educação de meninos e meninas no caminho por um estilo de se alimentar mais básico, mais próximo do natural, e menos processado.

Levando em consideração que pode ser muito difícil classificar o que é "besteira" e o que não é, deveríamos fazer o possível para manter nossos hábitos alimentares em torno de ingredientes reais em seu estado natural. Feche os olhos e imagine que você acabou de voltar milhares de anos no tempo, agora considere os alimentos que você geralmente consome: Você seria capaz de colher esse alimentos? Matar para pruduzi-los? Limpá-los? Armazená-los? Em condições naturais, ele existiriam em seu país? Você seria capaz de plantá-los? Se respondeu não para uma das questões, considere que não é só você, mas também os nossos bebés que deveriam aprender a manter essas escolhas alimentares o mais longe possível.


Se o produto embalado tem mais de um ingrediente, não importa o quão orgânico ele seja, evite utilizá-lo como alimento para a uma criança que se quer aprendeu a lhe mandar a m*rda ainda.

Vai chegar o dia em que eles terão livre arbítrio para decidir por si mesmos se eles viverão de pizza e refrigerantes, ou escolher opções mais saudáveis ​​para a maior parte do tempo, mas enquanto ele estiverem sob nossa responsabilidade, devemos fazer o nosso melhor para nutri-los em vez de expô-los aos produtos industrializados e "comidas de mentirinha". E acima de tudo:

As crianças estão sempre utilizando seus pais como modelos; elas aprendem e reforçam seus comportamentos e atitudes com base não só no que podemos considerar bom para elas, mas também no que poderia ser perigoso e ruim para as mesmas.

Força. E Viva Como Exemplo.

Postagens mais visitadas deste blog

Passei 1 Mês Comendo 1 Refeição Ao Dia

Janeiro de 2017, acabara de me mudar para uma nova casa. Segui curtindo meu novo emprego (trabalho também como modelo em uma empresa de ecommerce ) e super motivado a tentar algo novo, muito diferente do que simplesmente cortar alimentos refinados como vimos no artigo anterior . A ideia era contrariar uma das estratégias mais eficazes e básicas que você vai ouvir ao visitar um nutricionista: Coma de três em três horas. Os motivos para se comer assim são realmente eficazes e incluem: 1) Níveis de energia mais controlados devido à distribuição de açúcar constante e nutrição adequada durante todos os momentos do dia. 2) Menos fome repentina e desejo de comer besteiras monstruosamente; também devido ao açúcar controlado. 3) Maior chance de aproveitamento de tudo o que ingerimos e consequentemente melhor digestão. 4) Diminuição de catabolismo muscular (dano e possível perda de massa magra). 5) Você come menos, de maneira mais controlada e acelera seu metabolis

Meu Primeiro Ciclo Anabolizante

O que você precisa saber antes de ler esse artigo: 1) Não vai ter "para, para, para" do João Cléber. 2) A venda de anabolizantes e suplementos alimentares estrangeiros sem registro na Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e sem informações de rotulagem em português é crime contra a saúde pública. 3) Por outro lado, a venda e prescrição de determinadas substâncias anabolizantes no Brasil não é ilegal desde que prescrita pelo devido médico. Segue o artigo: Art. 1o A dispensação ou a venda de medicamentos do grupo terapêutico dos esteroides ou peptídeos anabolizantes para uso humano estarão restritas à apresentação e retenção, pela farmácia ou drogaria, da cópia carbonada de receita emitida por médico ou dentista devidamente registrados nos respectivos conselhos profissionais.   ( PLANALTO, 2000 ) Com uma observação: Mesmo respeitando a lei, ou com a prescrição de um médico, tomar anabolizantes, seja para reposição ou para correção do nív

3 Estratégias para Comer Como um Unicórnio & Não Ganhar Gordura Corporal

Caso você não saiba, unicórnios são criaturas graciosas que apesar de raramente vistas, comem muito e ainda assim trotam por aí arrancando suspiros de seres humanos indefesos. Ainda assim, por mais mágicos que eles sejam, existem também seres humanos que comem muito, talvez dois ou três unicórnios por refeição e ainda assim nós fazem questionar e arrumar desculpas para os mesmo seguirem sempre esbeltos: "É a genética." Silvio Santos "Está tomando bomba." Hulk "Deve ter algo vivendo dentro da barriga." Alien Brincadeiras a parte, chegamos ao ponto de desconfiarmos se o indivíduo em questão não sofre de bulimia ou algum distúrbio de ansiedade. Escrevo tudo isso com base no fato de que eu sou um desses destruidores de comida e por muitas vezes me senti alvo de críticas e inibido ao sair para comer com aqueles que não me conhecem tão bem. Mas então? Qual é o segredo? O Nilogia Fitness foi até até o  Reino Encantado das Coisas Que Não Acreditamos