Pular para o conteúdo principal

Uma Visão Sobre Escolhas Alimentares & Atividade Física em Tempos de Fim do Mundo

Preferi esperar a poeira baixar, dar tempo de nos adaptarmos a nova realidade em relação a pandemia com a qual ainda estamos lidando, antes de trazer alguns pontos que podem servir de verdadeiras pérolas para todos nós, tanto onívoros (aqueles que comem de tudo), quanto vegetarianos (aqueles que restringem parcialmente ou completamente o consumo de produtos de origem animal). De fato, não imaginei que passaríamos por isso;  já demos adeus a mais de um milhão de vidas (e subindo...) ( WORLDOMETERS, 2020 ) por conta de um vírus que tende a ser ainda mais perigoso quando infecta portadores de doenças crônicas como diabetes e hipertensão, asma, assim como obesos e indivíduos acima de 60 anos ( CENTRO DE CONTROLE E PREVENÇÃO DE DOENÇAS, 2020 ). Nos escondemos atrás de máscaras e litros de álcool em gel, mas sem nós dar conta de que através do desenvolvimento de Fitness (Hábitos Saudáveis, Educação Física e Nutrição), poderíamos prevenir não só as chances de termos graves complicações ao li

O Que é CrossFit? (Que Nem Os Próprios Atletas Explicam)


Que está em alta, você provavelmente já leu e já viu por aí. Tem cantor, ator, sertanejo, panicat, um mundo de pessoas embarcando nessa viagem, metodologia, moda, seita, mas até aí, provavelmente você continua sendo mais um, ou uma em milhões que não consegue classificar realmente que negócio é esse.


Sério, os próprios atletas da modalidade muitas vezes não conseguem explicar em poucas palavras o que é esse tal de CrossFit. Digo isso com a visão de alguém que se deparou com o esporte há sete anos (vai a primeira dica), treina e trabalha seguindo a metodologia há quatro (outra dica) e já teve a oportunidade de treinar em 19 boxes diferentes nos lugares mais distintos, incluindo Rio de Janeiro, São Paulo, Estados Unidos, Inglaterra, Indonésia e até Filipinas.

Muda a língua, mas o conflito permanece, o que leva o Nilogia Fitness a destacar a primeira realidade que algum pensador jogou por aí:

"Nunca duvide das dúvidas."

Se tem dúvida, uma coisa é certa, faltam certezas; e para você que acompanha o Nilogia, hoje faço questão de acabar com aquelas situações desconfortáveis, do tipo:

- Você faz CrossFit?
- Faço.
- Mas o que que é?
- Ah é um treino aí, maior "bom".

*Isso supondo que a pessoa que iniciou a conversa realmente tenha perguntado o que é, pois parece que existe um receio geral quando o assunto é assumir que não sabemos de algo.

Por isso, chega de enrolação e vamos lá, O Que É CrossFit? (Que Nem Os Próprios Atletas Explicam):

CrossFit é uma marca que foi registrada em 2000 e representa:

1) Um Esporte...
2) Sua Filosofia...
3) E A Empresa CrossFit, Inc.

Ou seja, a resposta curta é que o CrossFit é uma metodologia de treino, que pode ser utilizada para fins competitivos no caráter de esporte (assim como acontece com arte marciais por exemplo), mas que não pode, de maneira alguma, sem exceções, ser realmente CrossFit, a menos que exista um acordo legal (e pago) para a utilização da marca.

Como metodologia se define como:

Treino de Alta Intensidade Constantemente Variado.

Como esporte, o CrossFit é o esporte do Fitness; mas como Fitness tem conotações diferentes de acordo com a área em que é utilizado, no CrossFit isso significa:

Aumento da capacidade de trabalho em amplo espaço e domínios modais.

Complicou? O Nilogia mastiga para você:

Fitness é basicamente sua capacidade de lidar com qualquer situação ou ambiente proposto, seja ele qual for. Pensando por esse lado, Fitness se refere a sua saúde, bem-estar, disposição, sistema imunológico, auto-controle, etc.

Os treinos do dia são chamados de WOD (Workout Of the Day) e unem exercícios que demandam DEZ DOMÍNIOS:

Resistência cardiorrespiratória, resistência muscular, força, flexibilidade, precisão, potência, agilidade, equilíbrio, coordenação e velocidade.



Por conta da mescla de movimentos de diferentes modalidades de esporte, não podemos comparar a performance de um atleta de CrossFit com a de um atleta de outro segmento. Mas isso não impede de dizer que o atleta de CrossFit esteja melhor preparado para a vida do que os de outras modalidades.

Veja o exemplo, antes de me crucificar:

Pegamos uma maratonista, um atleta de powerlifting e um crossfitter e colocamos os três para competir.

PROVA 1: 20 km de corrida. Maratonista em primeiro, crossfitter em segundo, powerlifter parou no meio.

PROVA 2: Carga máxima para 1 repetição de deadlift (levantamento-terra). Powerlifter em primeiro, crossfitter em segundo, maratonista em terceiro.

PROVA 3: 5 km de remo, 20 agachamentos com 60 kg, 1.5 km de bicicleta. Crossfitter em primeiro, powerlifter ainda cansado da PROVA 1 para, já o maratonista não termina os agachamentos.

Seja que, o crossfitter, "crosfiteiro" abrasileirado, vence, pois apesar de não ser o melhor em nenhuma habilidade específica, fica em segundo em algumas, vence em uma, e tende a estar melhor preparado para a multiplicidade das mesmas.

- MAS E SE O MARATONISTA TAMBÉM FOSSE BOM EM DEADLIFT? E SE O POWERLIFTER FOSSE BOM EM REMO OU CORRIDA?

Bem, daí tem uma boa probabilidade de eles serem crossfitters! (risos)

Os treinos tomam em média uma hora; possuem aquecimento (warm up), desenvolvimento de técnica (skill development), o circuito de exercícios do dia (o WOD) e deve contar com um resfriamento/alongamento final (muitas boxes carecem dessa parte).


Por falar em box (caixa), as academias de CrossFit são conhecidas assim; isso começou pois para a prática segura, os treinadores empreendedores costumam buscar galpões para a instalação das academias.  Já são mais de 10000 ao redor do mundo, afiliadas a empresa (e coloque aí no mínimo mais umas três mil que não fazem questão de utilizar a marca, apesar de aplicarem a metodologia).

E apesar de parecer absurdo de difícil, acredite, os exercícios no CrossFit possuem adaptações a fim de atender os diferentes níveis de Fitness, inclusive mulheres grávidas e idosos. Seus praticantes são estimulados pelos treinadores a tomarem notas de seus resultados de maneira que possam perceber seus avanços, ainda que o programa tenha uma periodização muito mais extensa do que o simples treino A-B-C que você possa ter experimentado nas academias convencionais.*

*Infelizmente tem também boxes de CrossFit que não fazem tanta questão de planejarem seus treinos e por vezes você pode se deparar com treinos semanais que parecem ter sido decididos por sorteio.

O CrossFit, assim como o Nilogia Fitness, recomenda um plano de nutrição que promove a exclusão de alimentos processados, industrializados, refinados, ou que contenham hormônios, açúcar ou sal em excesso (alimentação similar ao de nossa lição #1). A marca disponibiliza artigos, vídeos e áudios diariamente em seu site oficial. Pelo site também é possível acompanhar a transmissão dos eventos e competições principais.


O CrossFit É Funcional?

Sim. Mas o treino funcional que seu treinador oferece não necessariamente segue a metodologia proposta pelo CrossFit. Pode ser que você venha a ter um treinador super competente na modalidade e que não utiliza a marca, mas pode ser também que ele esteja desperdiçando o seu tempo.

O mesmo pode acontecer com aquele professor que você conheceu em uma box filiada... Ele pode ser um excelente coach, ou simplesmente um coach filiado, porém incompetente.

Opinião do Nilogia: O uso de rock, rap, dubstep e estilos musicais mais "pesados" nas boxes dá um gás extra na hora do treino. Experimente boxes variadas, nem sempre a mais perto de casa é necessariamente a melhor opção para sua personalidade, dinheiro e objetivos. É muito bom poder treinar sem camisa e soltar os pesos no chão quando necessário. O fato de ser em grupo e constituir também um esporte motiva absurdamente mais do que treinos individuas. Excelente para quem gosta de desafios. Demanda responsabilidade por parte do atleta a fim de que o mesmo não sofra lesões desnecessárias. Reserve um tempo para estudar se possível (vídeos, movimentos, artigos) e leve em conta que sua performance depende de nutrição adequada. E claro: ANOTE SEUS RESULTADOS, SEMPRE!

Força. 3, 2, 1, Go. Experimente Agora.

Postagens mais visitadas deste blog

Passei 1 Mês Comendo 1 Refeição Ao Dia

Janeiro de 2017, acabara de me mudar para uma nova casa. Segui curtindo meu novo emprego (trabalho também como modelo em uma empresa de ecommerce ) e super motivado a tentar algo novo, muito diferente do que simplesmente cortar alimentos refinados como vimos no artigo anterior . A ideia era contrariar uma das estratégias mais eficazes e básicas que você vai ouvir ao visitar um nutricionista: Coma de três em três horas. Os motivos para se comer assim são realmente eficazes e incluem: 1) Níveis de energia mais controlados devido à distribuição de açúcar constante e nutrição adequada durante todos os momentos do dia. 2) Menos fome repentina e desejo de comer besteiras monstruosamente; também devido ao açúcar controlado. 3) Maior chance de aproveitamento de tudo o que ingerimos e consequentemente melhor digestão. 4) Diminuição de catabolismo muscular (dano e possível perda de massa magra). 5) Você come menos, de maneira mais controlada e acelera seu metabolis

Meu Primeiro Ciclo Anabolizante

O que você precisa saber antes de ler esse artigo: 1) Não vai ter "para, para, para" do João Cléber. 2) A venda de anabolizantes e suplementos alimentares estrangeiros sem registro na Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e sem informações de rotulagem em português é crime contra a saúde pública. 3) Por outro lado, a venda e prescrição de determinadas substâncias anabolizantes no Brasil não é ilegal desde que prescrita pelo devido médico. Segue o artigo: Art. 1o A dispensação ou a venda de medicamentos do grupo terapêutico dos esteroides ou peptídeos anabolizantes para uso humano estarão restritas à apresentação e retenção, pela farmácia ou drogaria, da cópia carbonada de receita emitida por médico ou dentista devidamente registrados nos respectivos conselhos profissionais.   ( PLANALTO, 2000 ) Com uma observação: Mesmo respeitando a lei, ou com a prescrição de um médico, tomar anabolizantes, seja para reposição ou para correção do nív

Apagar e Acender a Luz Não Queima a Lâmpada

- Nilo, dá para tirar o dedo do interruptor? Isso aqui não é boate não menino, vai acabar queimando essa luz. Faz tempo, mas daquelas verdade indiscutíveis de meus dias hiperativos, essa é uma daquelas que hoje posso rebater com toda certeza: Apagar e acender a luz não queima lâmpada alguma! Pelo menos não a do corpo humano. Pelo contrário, lhe ajuda a queimar gordura, acelera o metabolismo e faz o custo benefício de cada minuto de exercício subir ainda mais. Mas que lâmpada é essa a que me refiro? Apenas uma maneira figurada de entender nossa capacidade de gerar potência. Assim como uma lâmpada que consome mais energia de acordo com a intensidade de sua luz, o corpo humano também consome mais energia de acordo com a intensidade da atividade física que exercemos. E fato é que entre manter nossa lâmpada acesa com a luz bem suave por várias horas e deixá-la queimar com o máximo de incandescência possível ainda que por curtos períodos de tempo por repetidas vezes, é a segunda o